Páginas

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Histórias da Ajudaris ' 13

O novo livro da Ajudaris já está disponível.
Pequenos gestos grandes corações, continua a ser o lema, e isto diz tudo!
Sinto-me grata por mais uma vez poder contribuir com este pequeno gesto e por momentos sentir o coração um bocadinho maior.

A Ajudaris dedica-se a isto, - ajudar quem mais precisa, e isso é gigante!

Comprar o livro é uma forma de ajudar, mas comprá-lo pode ser também juntar à biblioteca, ou oferecer a alguém, um livro carregado de amor, de cor e palavras com muito significado. O ganho é enorme. Além disso custa apenas e só 5 euros!

Aqui podem saber como o adquirir. Sigam e gostem da página desta Associação, podem aí também ficar a par de todas as informações importantes.

Fica  a minha contribuição deste ano com a história que lhe deu origem, aos meus olhos a história de um menino caracol que gosta de boas amizades e de boas causas..., escrita por crianças do Agrupamento de Escolas Carolina Michaelis, JI da EB Ribeiro de Sousa, mais abaixo a capa do livro com ilustração super doce da Rita Correia.






Ser Amigo                      





Era uma vez um caracol chamado Kiko, que andava sempre a fazer caminhadas…Um dia, cansou-se e decidiu ir para casa descansar. Adormeceu e teve um sonho. No sonho ajudou dois caracóis que estavam tristes.

 Quando acordou, foi para o jardim brincar com um caracol pequenino que estava a deliciar-se com os primeiros raios de sol da primavera, que finalmente tinha chegado. Passado um pouco, apareceram dois caracóis aborrecidos (quem sabe se seriam os do seu sonho?- pensou o Kiko), que queriam brincar com eles. O Kiko e o seu amiguito concordaram e os dois caracóis sorriram felizes, porque assim já poderiam partilhar as suas brincadeiras.

De repente, o Kiko perguntou: - O que acham de fazermos uma corrida até à floresta? Todos concordaram e começaram a dirigir-se para lá, cada um andando o mais depressa que podia, o que era uma tarefa demorada, pois os caracóis são muito lentos, mas também muito engraçados.

Enquanto brincavam, apareceu um lobo. Os quatro amiguinhos assustaram-se e fugiram para a casa do Kiko. Este ofereceu-lhes um lanche especial, porque gostava muito de ser amigo. Depois do lanche e já cansados adormeceram. Quando acordaram, o Kiko teve uma ideia! - Gostavam de ficar a viver comigo para sempre?- perguntou então.

 - Claro, seria espetacular! – responderam todos. Pois, todos juntos e com a força da nossa amizade vamos ajudar a preservar a Natureza.









Sem comentários:

Enviar um comentário